"Amo-te mais do que apenas mais um dia".




Ontem fomos ao teatro. Eunice Muñoz, sozinha em palco, encheu-o de outras vozes, de outros fantasmas. Naquele palco, naquela sala os fantasmas do texto, a autoficção, de Joan Didier, misturou-se com as biografias de cada um: com o já vivido, com o que adivinhamos que podemos viver.
Quem é  que nunca acreditou que podia reverter o inevitável?
Quem nunca desejou acordar e perceber que tudo era mentira?

Os silêncios que ficaram depois das palmas dizem muito.

E fica a certeza  que frases como:

"Falta-nos uma única pessoa e o mundo inteiro fica vazio."

"As pessoas que perderam alguém parecem nuas porque pensam em si próprias como se fossem invisíveis".

"A melhor maneira de nos maltratarmos é voltarmos atrás"

"A vida modifica-se rapidamente. A vida modifica-se num instante. Sentamo-nos para jantar e a vida, como a conhecemos, acaba."

"Amo-te mais do que apenas mais um dia".


Para memória futura, quem esteve lá:
Cátia, Ana Isabel, Juliana, Joana, Inês, Raquel, Filipa, Bárbara, Rosinda, Mafalda, Joana D., a D. Cristina, os pais da Raquel, a Sara, a prof. Teresa, a prof. Elisa, a prof. Rosa Ana.

5 comentários:

Elisa Maria disse...

... E como gostei de lá estar.

Convidem-me sempre.

Um abraço

barbara silva disse...

Desde já obrigada pelo convite!

Nunca pensei que tal convite e aquelas palavras viessem mudar a minha vida.
Transportei cada frase ouvida e cada emoção vivida para a minha vida e deixei partir os meus mortos.
Tal como na peça perdi duas pessoas e o meu mundo parecia vazio mas "A vida modifica-se rapidamente. A vida modifica-se num instante.. " e a minha mudou.

"Amo-vos mais do que apenas mais um dia" mas tive que vos deixar partir !

cristina disse...

Desde já obrigada pelo convite!

Nunca pensei que tal convite e aquelas palavras viessem mudar a minha vida.
Transportei cada frase ouvida e cada emoção vivida para a minha vida e deixei partir os meus mortos.
Tal como na peça perdi duas pessoas e o meu mundo parecia vazio mas "A vida modifica-se rapidamente. A vida modifica-se num instante.. " e a minha mudou.

"Amo-vos mais do que apenas mais um dia" mas tive que vos deixar partir !

Paula Cruz disse...

Foi, sem dúvida, muito marcante. Obrigou-nos a pensar nos nossos mortos, nos nos anos/pensamentos mágicos. No medo do esquecimento, na revolta, na não aceitação.
Cristina e Bárbara, o próximo espectáculo será dia 16 de Março, no TECA e estão convidadas...

Um beijo,
Paula

cristina disse...

Obrigada! Com todo o gosto lá estaremos.

beijinho