Derivas poéticas ...



Amanhã, será este o nosso cenário.

Alinhamento:
Pêro da Ponte, Adília Lopes, Cesário Verde, Mário Cesariny, Nuno Júdice, Antero de Quental, Manuel Alegre, Luís Quintais, João Pedro Mésseder, Sá de Miranda, Maria Teresa Horta, Ana Luísa Amaral, Mário Sá Carneiro, Alexandre O'Neill, David Mourão-Ferreira, Vasco Graça Moura, Nuno Júdice.

Um comentário:

Manuel Margarido disse...

Lindo. Também quero uma escola assim, aqui. Também quero iniciativas destas assim, aqui. Em Lisboa! Na escola dos meus filhos. Na escola dos filhos de Lisboa. Queria um 11º C do Bairro do Cerco trazido para Lisboa, para iluminar Lisboa, e umas Derivas para derivar da tristeza do 'ensino' da poesia nas escolas de Lisboa.

Onde é que se compra? Onde se aluga?
Ah faz-se? Cria-se com amor?

Então deixará frutos nas mãos e estrelas no pensamento.

Parabéns a todos.